segunda-feira, 20 de outubro de 2008

O HORÁRIO DE VERÃO

Polêmico e controverso, o horário de verão tem sido implantado regularmente pelo governo brasileiro nos últimos anos dividindo opiniões na sociedade, pois há aqueles que são favoráveis e aqueles que são contrários à mudança de horário que começa, em geral, no mês de outubro e termina em fevereiro do ano seguinte.

O horário não é implantado em todo o país. Apenas dez estados e o Distrito Federal alteram os ponteiros de seus relógios adiantando-os em uma hora. Os dez estados são: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná (Região Sul); São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo (Região Sudeste) e Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul (Região Centro-Oeste).

Os estados das regiões Norte e Nordeste não adotam o horário de verão pois neles não há mudança significativa no tempo de iluminação solar durante os dias dessa estação. Já nos estados mais distantes da linha do equador esse tempo de iluminação varia significativamente, com o Sol nascendo mais cedo e pondo-se mais tarde. Essa diferença no tempo de iluminação é provocada pela inclinação do eixo da terra associada aos movimentos de translação e rotação. Observe o esquema:


Note que em função da inclinação do eixo da terra o hemisfério sul está mais voltado para a direção de origem dos raios solares do que o hemisfério norte. Isso gera um tempo maior de exposição aos raios solares no hemisfério sul fazendo o sol nascer mais cedo e pôr-se mais tarde.

Perceba também que o pólo sul é iluminado quase constantemente e que, portanto, quanto mais distante da linha do equador maior é a diferença no tempo de iluminação. É por isso que os estados brasileiros mais próximos ao paralelo 0º não percebem variações significativas no tempo de iluminação e não adotam o horário de verão.

O Brasil é o único país equatorial que adota o horário de verão. No entanto isso só ocorre em função da grande extensão latitudinal (norte-sul) do país pois nenhum estado muito próximo ou cortado pela linha do equador adota o horário especial. Observe o mapa que mostra os países que adotam, já adotaram ou nunca adotaram o horário de verão.

Como se vê, em quase todo o mundo não-equatorial o horário de verão é ou já foi adotado. Isso ocorre porque ele possibilita uma economia de energia significativa nesse período do ano pois com o adiantamento de uma hora o dia escurece mais tarde retardando o acender das luzes.

Nos últimos anos o Brasil tem economizado de 5% a 6% de energia no período do horário especial. Parece pouco. No entanto trata-se de uma economia que se manifesta nas regiões de maior concentração populacional (Sudeste, Sul e Centro-Oeste) com mais de 120 milhões de habitantes, o que aumenta a importância dessa economia.

Porém, a mudança de horário altera o modo de vida da população que, primeiramente, precisa se adaptar ao novo horário. Uns conseguem uma adaptação mais rápida mas para outros o processo é lento. Há quem saia muito cedo de casa e a escuridão provocada no início do dia incomoda. Mas há quem goste da sensação de chegar em casa com o céu claro ou aproveitar a praia e o pôr do sol até mais tarde. Há várias outras razões para gostar ou não da mudança.

E você, leitor? Gosta ou não do horário de verão?

Abraços!


P.S.: Em 2011, o estado da Bahia também adotou o horário de verão.

6 comentários:

Luiz Antonio Simas disse...

gosto quando chego do trabalho e detesto quando estou indo trabalhar.

Anice Afonso disse...

Gostei foi do seu blog. Quanto ao horário de verão... depende, desorganiza um pouco meus horários , mas nas férias eu gosto.
BJ

Regina Araujo disse...

Passada a sonolência dos primeiros dias, sobra dia depois do trabalho, o que é fantástico. Por outro lado, uma vez escutei que o horário de verão serve mesmo para fazer com que os trabalhadores tenham sempre que acordar antes do sol nascer...
um beijo

Diego Moreira disse...

Professores, honra-me deveras a presença de vocês nesse humilde blog.

Obrigado pela visita!
Forte abraço!

Sandro disse...

Fala Diego, tudo na paz? achei muito bom seu texto sobre o horário de verão. Eu na verdade até gosto do horário de verão, o único problema é acordar no escuro, isso é triste.
Eu vou indo bem, desde o início do ano estou no Programa de Educção Tutorial- PET e meu irmão no NEGEF. Estou achando muito construtivo fazer parte desses grupos de estudo. Essa semana está sendo realizada a apresentação da UERJ sem muros, mesmo com a UERJ em greve.

Abração

Filipe disse...

Filhão, já disse:

1 - Quem gosta de sol às 21h não acorda cedo!

2 - Esse horário antecipa minha velhice - acordo antes de o sol sair; sinto sono antes de ele se pôr.

Beijo grande!